Clínica de recuperação álcool e drogas

Clínica de recuperação álcool e drogas ou centro de recuperação álcool e drogas trata-se de um local que é especializado no auxílio de pessoas que estão precisando recuperar-se de algum problema, entre eles a dependência química.
Em um clínica de recuperação álcool e drogas de dependentes químicos existem distintos profissionais, das mais diferentes áreas, que atuam com disponibilidade em tempo integral para os pacientes.
Desse modo, uma Clínica de recuperação deve contar com médicos, enfermeiros, psiquiatras, terapeutas e psicólogos, que irão ajudar os usuários a recuperarem-se do vício que possuem em uma determinada substância química.

Trata-se de um lugar especializado em ajudar pessoas na recuperação de uma grande variedade de doenças, inclusive a dependência química. Profissionais como médicos, enfermeiros, psicólogos, psiquiatras e terapeutas ficam disponíveis em tempo integral para auxiliar os usuários na superação de todos os problemas causados pelo vício das drogas.

As clínicas de recuperação, normalmente estão situadas em locais de acesso restrito. O objetivo é garantir discrição, paz e tranquilidade aos pacientes. Além disso, elas oferecem acomodações e serviços de internação para que eles possam receber os cuidados necessários. Isso garante um tratamento intensivo, principalmente para os casos em que o grau de dependência é alto.

A clínica de recuperação álcool e drogas dependência química é uma doença tratável?

Antes, a dependência química era vista apenas como consequência de algum problema psiquiátrico ou desvio de caráter. Felizmente, essa percepção mudou e hoje as clínicas expandiram os serviços para cuidar das pessoas da maneira correta, ou seja, o vício é tratado como uma doença que tem tratamento.

Diante desse cenário, a aceitação de internação em clínicas de recuperação se tornou muito maior tanto por parte da pessoa dependente quanto da família. Agora elas se sentem mais encorajadas a buscar ajuda, confiantes de que os métodos utilizados trabalham na restauração da vida e dignidade humana.

Como funciona uma clínica de recuperação álcool e drogas?

Se o usuário de drogas tem consciência de que está doente e demonstra vontade em buscar ajuda, o tratamento é feito imediatamente. Para a família, essa atitude é motivo de alegria. Infelizmente, nem sempre é tão fácil assim.Você está procurando uma boa clinica? Se deseja conversar diretamente com um terapeuta sobre clinicas.

Quando acontece o contrário, ou seja, se ele não percebe que está no fundo do poço, os familiares podem decidir interná-lo de forma involuntária (a lei permite que isso seja feito). Nesse caso, há clínicas autorizadas que se responsabilizam pela busca, transporte e cuidados com o paciente.

Os principais procedimentos realizados em uma clínica de recuperação são: psicoterapia, medicamento e internação. No entanto, nem todos precisam passar por esses procedimentos. Também não existe um tratamento único, que atenda a todos os casos da mesma forma.

Há casos em que o internamento é desnecessário, por exemplo. O tratamento do paciente é planejado de acordo com o tempo e o grau de dependência química em que ele se encontra. Os profissionais da clínica de recuperação estudam cada caso individualmente, para que os resultados sejam alcançados com eficiência.

Quais os tipos de tratamentos para dependentes químicos álcool e drogas?

O tratamento pode ocorrer de diferentes formas, mas geralmente é classificado como interno, externo ou internação parcial.

Tratamento interno

É quando o dependente fica internado e recebe cuidados durante 24 horas, nos sete dias da semana. Esse processo de internação pode ser curto (com duração normal de 28 dias) ou pode ser de longo prazo (com duração de seis meses e até mais).Relacionados:  Conheça 5 Grupos de Apoio aos pais de Dependentes Químicos!

Normalmente, o tratamento interno de longo prazo ocorre devido a uma ordem judicial. Nesse caso, além do tratamento, é necessário trabalhar a ressocialização, um processo no qual o paciente aprende a se comportar como um membro da sociedade.

Tratamento externo

O paciente não fica internado no tratamento externo. Ele apenas visita à instituição de reabilitação para receber apoio psicológico e participar dos grupos de apoio, como o A.A. (Alcoólicos Anônimos) e o N.A. (Narcóticos Anônimos).

Além disso, ele faz um acompanhamento com o psicólogo da instituição. Nesse tipo de tratamento, o paciente pode seguir com sua vida normal e dormir na própria casa. É indicado em casos mais leves de dependência ou para continuação do tratamento após a internação.

Tratamento de internação parcial

Na internação parcial, existe uma combinação entre os tratamentos interno e externo. Sendo assim, o dependente químico recebe toda a atenção que precisa no decorrer do dia e volta para casa no período noturno.

Ele recebe cuidados em horário comercial, ou seja, das 8h às 18h. No entanto, em vez de ir ao trabalho, o dependente “trabalha” com os especialistas na sua própria reabilitação.


Aliás, o tratamento que será indicado para cada paciente irá depender de distintos fatores, entre eles o tipo de substância química consumida por ele.
De uma forma geral, as clínicas de recuperação ficam localizadas em locais onde o acesso é muito mais restrito, visto que o objetivo é trazer uma maior tranquilidade e distanciamento dos pacientes de gatilhos para o vício.
Nesses locais há o fornecimento de acomodações onde as pessoas possam morar de modo confortável, além de diferentes serviços de internação que irão ajudar no recebimento dos cuidados que são necessários.
A partir disso, esses centros garantem, portanto, um tratamento contra a substância química que seja intensivo, ainda mais quando a dependência existente é em um grau alto.
Agora que você pôde conhecer um pouco mais a respeito do que é uma clínica de recuperação, é hora de compreender sobre as formas de internação nesses locais.

Internações em uma Clínica de recuperação
No tópico anterior, você pôde conhecer mais a respeito do que é um centro de recuperação, então agora é preciso saber sobre como ocorre a internação nesses locais.
Há três formas principais de internação em centros para recuperação de dependentes químicos: a voluntária, a involuntária e a compulsória.
Nos próximos tópicos você irá conhecer mais sobre cada uma delas!

Internação voluntária
O primeiro tipo de internação em uma clínica de recuperação que será vista aqui é a internação voluntária.
Esse é um tipo de internação que ocorre quando o próprio dependente químico, ciente da sua situação atual, procura pelo auxílio profissional para conseguir recuperar-se do vício que possui.
Nesse caso, o próprio dependente químico precisa autorizar sua internação, o que ocorre através da assinatura de um termo de autorização.
Dentro desse termo ele irá demonstrar que optou por esse tipo de tratamento, passando então a ser um paciente na clínica.
Para que a alta na clínica de recuperação, daquele paciente que entrou de forma voluntária, possa ocorrer é preciso se proceder de uma das duas formas que você verá a seguir.
A primeira delas é se o próprio dependente químico realizar a solicitação de que deseja o fim do tratamento, o que deve ser feito de forma escrita.
Uma segunda forma é a determinação do fim da internação realizada por um médico que seja responsável pelo tratamento, devendo também ser realizado por escrito.

Internação involuntária
Já a internação involuntária é aquela que acontece sem que haja o consentimento do dependente químico, ou seja, é preciso que um terceiro, que seja um familiar ou um responsável legal requisite-a formalmente.
Após a requisição ser escrita, ela deve ser entregue na clínica de recuperação onde se deseja realizar a internação, para que o pedido seja analisado pelo médico responsável.
Sempre que um novo paciente for aceito no local, o Ministério Público Estadual precisa ser avisado, até 72 horas antes de que o usuário adentre na clínica.
Se o MPE aceitar ou acatar o pedido de internação involuntária, então o usuário será internado, mesmo que não o deseje.

Internação compulsória
O último tipo de internação em uma clínica de recuperação é aquela feita de forma compulsória, o que significa que não há a necessidade de que a família peça autorização.
Isso porque a decisão de internação cabe a um juiz, que deve requisitá-la através de um pedido que deve ocorrer de modo formal e de maneira escrita.
Entretanto, para que o juiz em questão possa realizar o pedido de internação é preciso que um médico ateste que o dependente químico representa um perigo para si mesmo e para as outras pessoas ao seu redor.
Da mesma forma que ocorre com a internação, a liberação de um paciente que está internado de forma compulsória só poderá ocorrer com laudo médico e o aval judicial.
Apesar de muitas pessoas verem essa forma de internação como algo desumano, é sempre bom ressaltar que ela é necessária para garantir a saúde e a integridade física do dependente químico.

Tratamento em um centro de recuperação
Um tratamento de um dependente químico em uma clínica de recuperação é multimodal, o que significa que ele exige distintas opções, como o uso de medicamento, terapia comportamental e grupos de apoio.
Cada caso deverá ser analisado antes que o tratamento seja prescrito, para que a melhor opção para aquele determinado paciente seja escolhida.
Sendo assim, não é possível generalizar o tratamento para todos os pacientes, pois cada um possui seu próprio organismo e reage de forma distinta.

Como procurar ajuda?

Possuímos clínicas de recuperação altamente estruturada para que o dependente possa se libertar do vício em drogas e álcool.

A Clínica de Recuperação Vitta foi fundada há 15 anos, a Clínica de Recuperação Vitta hoje é reconhecida nacionalmente pela excelência no tratamento e ressocialização dos pacientes com dependência química ao álcool e/ou outras drogas.

Localizada no município de Socorro-SP, a Clínica de Recuperação Vitta foi fundada há 5 anos, a Clínica de Recuperação Vitta hoje é reconhecida nacionalmente pela excelência no tratamento e ressocialização dos pacientes com dependência química ao álcool e/ou outras drogas.

Na Clínica de Recuperação Vitta prezamos, em primeiro lugar, pelo respeito ao ser humano e sua individualidade, fazendo com que ele se sinta parte. O isolamento não é método para o tratamento de reabilitação do dependente.

O indivíduo precisa redefinir seu papel em seu grupo social e é por está razão a necessidade de prepará-lo para encarar seus problemas a partir de uma nova perspectiva mais madura, consciente e confiante.

Buscando sempre a excelência no tratamento do alcoolismo e dependência química, a Clínica de Recuperação Vitta tem como maior objetivo oferecer serviços especializados e de qualidade.

Para famílias disponibilizamos profissionais especializados e qualificados para o tratamento do alcoolismo e dependência química, aplicando metodologias e conceitos modernos, buscando sempre atender de forma individual e buscando assim as peculiaridades e individualidades de cada cliente.

Já para o público empresarial, disponibilizamos tratamentos flexíveis para o profissional que não pode ficar tempo demasiadamente longo afastado de sua função ou do mercado de trabalho. Firmamos convênios com empresas, o serviço é planejado conforme o perfil e as necessidades de cada empresa.

Missão
Proporcionar tratamento da dependência do álcool e drogas com abordagens terapêuticas comprovadamente eficazes, capazes de motivar os pacientes a buscarem novos estilos de vida e, consequentemente, manterem-se sóbrios, saudáveis, produtivos e com relações familiares e sociais estáveis.

Visão
Ser dedicado à saúde e bem-estar oferecendo os mais eficientes e completos serviços e produtos aos nossos clientes e enriquecendo assim sua qualidade de vida consequentemente de seus familiares e amigos.

Valores
Todos nossos valores seguem a orientação de atender a todos os públicos nossos clientes, nossos colaboradores, sócios, fornecedores e a comunidade.

Nossa Equipe é formada por profissionais com grande experiência em dependência química e na mudança de comportamento que isto acarreta.

São profissionais que interagem com o residente no sentido de conscientizá-los e melhorar sua forma de ver e viver a vida. Psiquiatra, Psicóloga, Técnico em enfermagem, Terapeuta Holístico, Conselheiros em Dependência Química, Monitores, todos nós, da equipe, só temos um objetivo: Levar o residente a descobrir uma nova maneira de viver.