Clinica de reabilitação: o que é, e quais tipos de internação

Clinica de reabilitacao os principais questionamentos que recebo dizem respeito aos procedimentos adotados, às possibilidades de internação e seus custos, à infraestrutura e aos tipos de tratamento oferecidos nesses espaços de recuperação.

Se você também tem esse tipo de dúvida, está no lugar certo.

Meu objetivo com este conteúdo é responder algumas dessas perguntas e tratar esse problema crônico com a profundidade e a seriedade que ele merece, sem descuidar, é claro, do aspecto humano.

Até porque, como eu sempre digo, ajudar alguém que sofre dessa doença é um gesto de amor e coragem.

Uma clínica de reabilitação para dependentes químicos é, como eu gosto de chamar, um espaço de resgate.

Ou seja, um lugar onde não se busca recuperar apenas a sobriedade, “limpar o organismo”, como dizem popularmente, mas também devolver um propósito à vida de quem sofre com essa doença crônica.

Esse local de recuperação é composto por uma equipe multidisciplinar que procura atacar o problema em suas diferentes frentes.

Médicos clínicos, psiquiatras, psicólogos, enfermeiros, terapeutas ocupacionais, consultores e monitores em dependência química e educadores físicos são alguns dos especialistas que formam esse time.

Na clinica vitta , só para você ter uma ideia melhor, somos profissionais de diferentes áreas trabalhando em prol da recuperação dos pacientes.

A clínica de reabilitação, além de um corpo técnico competente, precisa contar com uma infraestrutura adequada.

Afinal, o tratamento pode durar meses.

Para que serve uma clínica de reabilitação?

Uma clínica de reabilitação serve para acolher e ajudar a tratar uma doença crônica séria: a dependência química.

Cada centro de recuperação adota a sua metodologia de tratamento e suas abordagens terapêuticas, mesclando cuidados clínicos e psicológicos.

Como mencionei, gosto de dizer que uma clínica de reabilitação é um espaço de resgate, porque não acredito em um tratamento que não envolva uma reprogramação no sistema de valores, crenças e responsabilidades do adicto.

É claro que o processo de desintoxicação é importante, mas, sozinho, é insuficiente.

O dependente vai ter o seu organismo sadio de volta, mas não vai ter trabalhado suas ferramentas internas para lutar contra a abstinência e construir, diariamente, a sua sobriedade.

Assim, as recaídas podem ser mais frequentes.

Entendendo a clínica de reabilitação como uma forma de recomeço, o paciente tem a possibilidade de mudar pensamentos, crenças irracionais e atitudes nocivas causadas pelo vício.

Estou falando de um processo de racionalização da dependência química, que consiste, primeiramente, em reconhecer suas limitações perante as drogas ou o álcool e, depois, melh

clínica de reabilitação gratuita

clínica de reabilitação para dependentes químicos

clínica de reabilitação para alcoólatras

clínica de recuperação masculina

clínica de reabilitação sp gratuita

clínica de reabilitação masculina

clínica de recuperação gratuita

clínica de reabilitação sp