“Binge Drinkers” europeus

Na última década, binge drinking (uso excessivo de álcool em uma única situação) entre estudantes se tornou um grande problema de saúde pública nos EUA. Na Europa, também houve um aumento significativo de binge drinking nos últimos anos, particularmente entre adolescentes.

Um estudo realizado em 18 países Europeus (European School Survey Project on Alcohol and Drugs – ESPAD) mostrou que em metade dos países estudados houve um aumento do BD entre indivíduos de 15 anos.

Esta situação mostra a necessidade de se estabelecer estratégias de prevenção em muitos países. Porém, para que as estratégias sejam eficazes é importante conhecer quais indivíduos são mais susceptíveis ao binge drinking.

O artigo desta semana oferece um panorama do binge drinking na Europa.

Métodos

1. Definição do termo binge drinking

O termo BD é definido de duas maneiras na literatura científica:

a. tomar mais do que “x” doses de bebidas alcoólicas em uma única ocasião

b. padrão de uso “pesado” do álcool que ocorre por um período de tempo maior do que o pretendido e geralmente ligado à definições clínicas de abuso e dependência.

Neste artigo, os autores usaram a definição de BD como beber em uma única situação, sendo que a dose ingerida oferece risco para o usuário.

2. Pesquisa bibliográfica

As palavras-chave utilizadas na pesquisa foram “binge drinking”, “heavy drinking – beber pesado, “episodic drinking” – beber episódico, “excessive drinking” – beber excessivo, “drinking patterns” – padrão de uso do álcool, “intoxication” – intoxicação, “drunkness” – embriagues.

3. Estrutura do artigo: variáveis sócios demográficas, fatores individuais e fatores sociais

3.1 Sexo e idade

– Homens possuem mais episódios de BD do que mulheres

– Homens apresentam mais episódios de embriagues no ano

– BD é mais prevalente entre adolescentes e adultos jovens

– Nos EUA, o pico de BD ocorre dos 20 aos 22 anos

O European School Survey Project on Alcohol and Drugs – ESPAD, mostrou que a Finlândia, França, Alemanha, Suíça e Reino Unido foram os países com índices de BD mais elevados da Europa em indivíduos de 18 a 29 anos. Uma exceção deste estudo foi a Itália cuja prevalência de BD foi maior entre grupos de adultos em idade avançada. Na Suíça os incides de BD declinaram com a idade (foi maior na faixa de 15 a 20 anos)

3.2 Nível educacional, abandono escolar, nível empregatício e situação econômica

– Em uma análise multivariada de regressão logística, anos de escolaridade estiveram negativamente associados a uso intenso de álcool, ou seja, quanto mais baixo o nível educacional maior o número de episódio de BD

– Absenteísmo escolar esteve relacionado a BD

– O risco de BD mostrou ser 3,5 vezes maior em indivíduos desempregados quando comparado com indivíduos empregados

– Outra variável relacionada ao BD foi a situação econômica. Tal variável se relacionou diferentemente entre grupos extremos de idade. Ou seja, entre os jovens, quanto melhor a condição financeira, maior o número de episódios de BD, o oposto ocorre entre indivíduos de idade avançada

3.3 Fatores individuais: fatores relacionados ao uso de substâncias: início precoce, história familiar, problemas com uso de substâncias, bebida de preferência, uso de múltiplas substâncias.

– Há poucos estudos realizados em países Europeus correlacionando dependência alcoólica e binge drinking de início recente

– Adolescentes com história familiar de uso problemático do álcool apresentaram mais episódios de binge drinking

– Entre adolescentes, os episódios de BD estiveram mais associados ao consumo de cerveja e collers do que do consumo de vinho

– Houve uma grande co ocorrência de BD e uso de outras substância psicoativas

3.4 Personalidade: impulsividade, desibinição, busca de sensações, transtorno de conduta, extroversão, depressão, estresse, enfrentamento, auto-estima, automedicação.

– Indivíduos extrovertidos demonstraram maior associação com episódios de BD. Associações com “dores emocionais”, solidão, depressão, ansiedade, estresse e tensão estiveram menos associadas ao BD. Problemas do “dia a dia” não parecem estar relacionados a episódios de BD quando os jovens lidam bem com eles

3.5 Aspectos motivacionais

3.6 Expectativas parecem estar relacionadas a episódios de binge. Alguns indivíduos bebem no padrão binge para descontrair ou se divertir, outros para enfrentar determinadas situações ou se auto-medicar.

Fonte: Site Álcool e Drogas sem Distorção (www.einstein.br/alcooledrogas)/Programa Álcool e Drogas (PAD) do Hospital Israelita Albert Einstein